Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/09/13 às 14h05 - Atualizado em 29/10/18 às 15h42

Área Central de Brasília será transformada até 2014

COMPARTILHAR

Com investimentos de R$ 330 milhões, cidadãos ganharão uma cidade mais atrativa a ciclistas e pedestres 

A mobilidade urbana é o deslocamento das pessoas e bens na cidade, utilizando para isso diferentes meios, vias e toda a infraestrutura urbana. Uma cidade com boa mobilidade urbana é a que proporciona às pessoas deslocamentos seguros, confortáveis e em tempo razoável, por modos que atendam a esses critérios e sejam bons para a sociedade e para o meio ambiente.

Mas não é só isto. Mobilidade urbana também é uma forma de inclusão social, pois objetiva a implementação do conceito de acessibilidade universal para garantir o direito de ir e vir a idosos e pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção.

É para ter uma cidade ainda mais inclusiva, principalmente no aspecto da mobilidade, que o Governo do Distrito Federal (GDF) está investindo em um conjunto de 10 projetos que devem mudar completamente a área central de Brasília. Com a revitalização promovida por obras de urbanização e paisagismo, o cidadão brasiliense terá um importante legado após a passagem da Copa do Mundo FIFA. As intervenções, que têm prazo de conclusão em 2014, deverão custar, no total, aproximadamente R$ 330 milhões.

A execução dos projetos foi dividida em duas: as cinco primeiras obras (ligação para veículos entre a W4 Norte e a W5 Sul; construção de dois túneis de pedestres e ciclistas que ligarão o estádio ao Centro de Convenções e o Clube do Choro ao Parque da Cidade; integração da área de acesso dos dois túneis à área central; entorno do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha) estão sendo licitadas em pacote único. O processo deverá ser concluído em breve e a previsão é que tenham início até o fim deste ano.

Das demais intervenções, o projeto paisagístico de Burle Marx no canteiro do Eixo Monumental está sendo licitado em duas fases: a primeira, que prevê execução de calçadas, paisagismo e sistema de irrigação, está contratada. Já a licitação da segunda etapa, que inclui implantação do espelho d´água, sistema de irrigação e iluminação, está em fase de projeto e será lançada até o fim de 2013.

Outros dois projetos de calçadas entre setores hoteleiros Sul e Norte e no Eixo Monumental estão em fase de licitação, assim como a ligação do estádio ao Autódromo Nelson Piquet.

Por fim, há a construção das ciclovias, que já está em execução. As obras começaram em fevereiro deste ano. O trecho da Esplanada dos Ministérios, com 17 quilômetros de extensão, está em fase final de acabamento e será concluída até o fim deste ano. O trajeto vai da Ponte JK à Catedral Rainha da Paz, passando pelo Palácio do Planalto e Rodoviária, nos dois lados do canteiro central do Eixo Monumental.

Esses e outros investimentos e ações realizados pelo GDF para a Copa do Mundo FIFA podem ser acompanhados pela internet, por meio do Portal Transparência na Copa. Lançada neste ano, a página foi desenvolvida com o objetivo de ampliar transparência das ações do Distrito Federal para a realização do evento esportivo. As informações são constantemente atualizadas, à medida que forem sendo realizadas as licitações, assinados os contratos e liberados os recursos para as obras e outras ações.