Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/06/19 às 11h39 - Atualizado em 12/07/19 às 10h36

CGDF adere ao Programa de Fortalecimento das Corregedorias

COMPARTILHAR

 

O chamado Procor busca traçar estratégias conjuntas de atuação para fortalecer a atividade correcional

 

O controlador-geral do Distrito Federal, Aldemario Araújo Castro, assinou nessa terça-feira (04/06) na Controladoria-Geral da União (CGU), termo de adesão ao Programa de Fortalecimento das Corregedorias (Procor). O objetivo é traçar estratégias conjuntas de atuação para fortalecer a atividade correcional.

 

“A adesão ao Procor permitirá um importante aprimoramento das atividades da Subcontroladoria de Correição Administrativa da CGDF. Existe a perspectiva de realização de ações relevantes nas áreas de capacitação e formação do pessoal envolvido com os diferentes procedimentos correcionais”, destacou o controlador-geral.

 

Também estavam presentes na assinatura do termo, a subcontroladora de Correição Administrativa da Controladoria-Geral do DF, Luciana da Silva Barbosa, e o corregedor-geral da União, Gilberto Waller.

 

Luciana Barbosa informou que a inciativa permitirá a troca de informações, sistemas, e boas práticas. “É uma parceria em busca de aperfeiçoamento da atividade correcional”, disse.

 

Segundo ela, a CGDF já estava participando das reuniões do Procor e participou inclusive da votação do Regimento Interno do programa. A próxima reunião está prevista para o dia 1º de agosto.

 

Procor/CGU

 

O Procor foi criado pela Portaria nº 1.000/2019 para integração das atividades correcionais; aprimoramento na condução de procedimentos correcionais; aperfeiçoamento da gestão de processos; desenvolvimento de novas tecnologias e soluções inovadoras para aperfeiçoar as apurações correcionais; além do intercâmbio de informações e de experiências entre as Corregedorias.

 

As instituições que aderem ao Procor receberão da CGU cursos e treinamentos na área; distribuição de material orientativo; além de sistemas informatizados. Também farão parte da Rede de Corregedorias, que integrará informações e definirá estratégias conjuntas de atuação.