Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/06/18 às 11h11 - Atualizado em 4/12/18 às 11h10

CGDF participa de Workshop de Controle Interno promovido pelo Banco Mundial

COMPARTILHAR

 

A Controladoria-Geral do DF participou do Workshop de Controle Interno, realizado nos dias 15 e 16 de junho na sede do Banco Mundial em Brasília.

 

Este foi o segundo encontro dos Grupos de Trabalho do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci)  e teve o objetivo de apresentar e discutir o andamento dos projetos firmados entre o Banco Mundial e aquele colegiado.

 

A abertura foi realizada por Rafael Munoz, líder do Setor Público de Governança para o Brasil do Banco Mundial, Flávio Jucá, Vice-Presidente do CONACI, e Lúcio Carlos de Pinho, Controlador-Geral do DF.

 

Munoz recordou as mudanças que o Brasil tem passado e defendeu a aprovação do PL nº 295, que estabelece novas regras para a elaboração de orçamentos públicos e normas para o controle de gastos e a contabilidade pública. “A nova lei de finanças públicas muda muito, mas muda para melhor”, disse.

 

Jucá destacou a importância da parceria entre o CONACI e o Banco Mundial e os avanços que os estados têm apresentado. “A parceria Banco Mundial e CONACI tem servido para fincar estacas e não retroceder”, disse.

 

O Controlador-Geral do DF, Lúcio Pinho, fez breve relato sobre a evolução da CGDF nos últimos três anos, avaliando sua participação junto ao Conaci, e frisou a relevância da implantação do modelo de capacidade de auditoria interna IA-CM, responsável por alavancar a atuação da CGDF e impulsioná-la a ser exemplo como órgão de controle interno e gestão.

 

Pinho afirmou que o IA-CM deve ser adotado pelos órgãos de controle em todo o país, com o respaldo do CONACI, de forma a aperfeiçoar o sistema de controle interno nacional.

 

 

Liane Angoti, Controladora Adjunta do DF, apresentou as ações do Grupo de Trabalho Modelo de Capacidade de Auditoria Interna (IA-CM), o qual é coordenado pela CGDF, e teve outras duas participações: “Impacto das Mudanças no IA-CM”, e “apresentação da experiência da visita técnica à Indonésia”.

 

Segundo Liane, o workshop foi mais um passo para juntar as ilhas de excelência espalhadas pelo Brasil em prol da melhoria do controle interno de todo o país.

 

 

Programação

 

O encontro ainda teve as apresentações dos grupos de trabalho Normas Profissionais, Treinamento e Certificação, Legislação, e Seminário de Conscientização e Promoção do Controle Interno.

 

Também aconteceram as palestras “identificar as melhores práticas de gestão de riscos e outras iniciativas adotadas”, por Rodrigo Fontenelle do Ministério do Planejamento; Ambitious Module do IA-CM e TCC, com Carlos Moraes de Jesus do Serpro; Impacto da Lei da Estatais Federal / Estados e como o TCU/CONACI/CGU têm interagido, com Jetro Coutinho (TCU) e Rogério Reis (CGU); Lei de Finanças Públicas – Desafios aos órgãos de controle interno, com Alexandre de Sales Lima (CGU); e Estágio de adoção do IA-CM nos estados e municípios.

 

O evento contou com gestores e controladores de vários estados do Brasil e representantes do Ministério da Transparência e CGU e do SERPRO.

 

 

Por: Paloma Timo

Edição: Cristiane Pitta