Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/02/10 às 3h00 - Atualizado em 29/10/18 às 15h35

Governador em exercício visita obras

COMPARTILHAR

O governador em exercício Paulo Octávio visitou, neste sábado (13), os canteiros de obras da Linha Verde, na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), e da ampliação da Estrada Parque Guará (EPGU). Ele assistiu a uma palestra sobre o andamento das obras e garantiu que os trabalhos estão avançados e seguem com normalidade.

Paulo Octávio reafirmou que o GDF está em pleno funcionamento, mesmo com o afastamento do governador José Roberto Arruda. “Vou me aprofundar nas questões do governo nesses dias de carnaval e já tenho reuniões marcadas com todos os secretários nos próximos dias. A cidade não pode parar”, contou.

A Linha Verde, que vai do Pistão Sul, em Taguatinga, até o viaduto da EPIA, no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA), pode até ficar pronta antes da hora. Ao todo, 60,6% da obra já está concluída. “A previsão para este período era de 56,8%”, contou Vicente de Paula Junior, gerente do projeto.

Segundo Junior, diferentes trechos serão inaugurados a partir de 31 de março, como os viadutos do Guará e da Via Epia. O trecho que vai de Taguatinga Sul até Israel Pinheiro será entregue na data do aniversário de Brasília. O trecho posterior, que vai até o Guará será entregue no dia 31 de maio, assim como o viaduto de Águas Claras. O viaduto da Estrada Parque Vale (EPVL), o trecho Guará/SIA e as estações de embarque, além das 16 passarelas para pedestres, finalizam em 30 junho. O investimento é de R$ 244 milhões.

A EPGU tem previsão de ser entregue no dia 31 de março. As obras contam com o alargamento dos viadutos da EPIA e do Aeroporto, além da construção de via marginais que irão facilitar o fluxo de veículos na saída sul de Brasília, muito movimentada nos horários de pico.

Segundo o superintendente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Fauzi Narfur Junior, a pista principal será completamente restaurada. Nas próximas semanas, quando as vias marginais estiverem prontas, o trânsito será desviado para elas. A obra está orçada em R$ 15 milhões.

Informações Agência Brasília

Leia também...