Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/02/18 às 16h07 - Atualizado em 29/10/18 às 13h26

Portal da Transparência bate recorde de acessos em janeiro

COMPARTILHAR

Site com dados sobre servidores, licitações e serviços do governo de Brasília teve mais de 260 mil visualizações no primeiro mês de 2018. Marca anterior era de outubro de 2017.

 

Janeiro de 2018 registrou mais que o dobro de acessos no Portal da Transparência do governo de Brasília, em relação ao mesmo mês de 2017. Foram 265.134 neste ano e 130.894 no ano passado, um aumento de 102%. É também o maior número de qualquer mês desde o início do site, em 2011.

 

A marca anterior era de outubro de 2017, com 231.756 acessos. O ano inteiro apresentou resultados acima de 2016. Foram 2.213.162 visualizações contra 1.359.308 do ano anterior. Ou seja, um acréscimo de 63%.

 

Os dados são da Controladoria-Geral do Distrito Federal. “O crescimento do acesso deve-se às melhorias no Portal da Transparência e à credibilidade da informação”, relaciona o controlador-geral adjunto, Marcos Tadeu de Andrade.

 

Os principais itens consultados pelos usuários foram:

Remuneração: 41%

Servidores (informações cadastrais, quadro, cargos vagos e ocupados): 23%

Beneficiários de programas sociais: 17%

Despesa: 13%

Licitações e contratos: 2%

 

Por meio da plataforma, qualquer cidadão pode ter informações como orçamento de secretarias, licitações, gastos de administrações regionais e dados sobre órgãos deliberativos, a exemplo de conselhos e comitês.

 

Em 20 de outubro de 2017, a população conquistou a possibilidade de consultar o salário de todos os servidores do DF, inclusive daqueles que trabalham em empresas estatais. O DF foi a primeira unidade da Federação a adotar a medida.

 

Reformulação do Portal da Transparência facilitou a busca por informações sobre o governo de Brasília

 

reformulação da plataforma em dezembro de 2016 é um dos principais fatores para o aumento de acessos. A maior facilidade na busca por informações atraiu mais usuários para o site a partir de 2017.

 

Segundo a coordenadora de Transparência da Controladoria-Geral do DF, Rejane Vaz de Abreu, a equipe continua a aprimorar o portal. “Trabalhamos constantemente no cruzamento de dados do Siggo [Sistema Integrado de Gestão Governamental] para deixar a informação mais acessível.”

 

O próximo passo, segundo Rejane, é tornar disponíveis as remunerações dos empregados da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e da Companhia Energética de Brasília (CEB). Essas empresas publicam os salários nos próprios portais, no menu Acesso à Informação.

 

Edição: Marina Marcante