Governo do Distrito Federal
6/06/22 às 17h38 - Atualizado em 4/10/22 às 12h13

Conheça os palestrantes da VI Semana de Controle da CGDF

 

 

Clique aqui para se inscrever

 

 Endereço do evento presencial: SAIS Área Especial 4 lote 05 Complexo ABMIL, SPO

 

Transmissão: TV Controladoria DF no YouTube

 

 

 

Programação e mini currículos dos palestrantes:

 

20 de junho

 

1º DIA

 

13h – Credenciamento para participação presencial com exposição na entrada

 

14h – Abertura

 

14h30 – INOVA CONTROLE – Integrar para facilitar: Participa DF e a robô IZA

Se queremos a participação engajada do cidadão, que tal então facilitarmos a vida dele? O Participa DF é isso: um só login e duas ferramentas de participação em um único endereço. É a união entre a rede de ouvidorias do DF e o e-Sic. Porém, o Participa DF é mais que isso: é a Inteligência Artificial ajudando o cidadão a registrar uma manifestação de qualidade. Que tal vir conhecer a simpática IZA?

 

Cecília Fonseca – Ouvidora-Geral do DF

Gestora Pública formada em Comunicação Social com especialização em Comunicação Organizacional.

 

Guilherme Modesto – Subcontrolador de Tecnologia da Informação da CGDF

Auditor de Controle Interno da CGDF. Formado em Tecnologia em Processamento de Dados, com especialização em MBA – Gestão de Sistemas de Informação.

 

Rejane Vaz – Subcontroladora de Transparência e Controle Social da CGDF

Compõe o Conselho de Transparência e Controle Social do DF. Graduada em psicologia, com Pós-Graduação em Gestão Pública.

 

15h – Palestra: O servidor do futuro e o futuro do servidor: a inovação começa em nós!

Nessa palestra, a proposta é um debate entre duas grandes referências da inovação em Brasília sobre como nós, servidores públicos, podemos e devemos lidar com as inovações que são propostas para a melhoria de fluxos e entregas. Afinal, não basta a inovação ser proposta, ela precisa ser abraçada por aqueles que vão torna-la real. De pouco adianta também sistemas tecnológicos se os servidores não forem capacitados a utilizá-los. Se a inovação começa em nós, qual futuro estamos enxergando para os servidores públicos? Mais do que isso, como servidores, como estamos caminhando para esse futuro que começa desde já?

 

Cristiano Ferri é gestor, professor e mentor de inovação em gestão e carreiras. Foi idealizador e coordenador de projetos de inovação reconhecidos internacionalmente como o Laboratório Hacker e o Programa e-Democracia de participação social na Câmara dos Deputados, onde atualmente é professor e pesquisador no Centro de Formação. Doutor em ciência política e sociologia pela UFRJ, também é mestre em Políticas Públicas pela Queen Mary College (Londres) e pesquisador associado do Center for Collective Intelligence do MIT.

 

Marizaura Camões é a atual coordenadora-geral do GnovaLab – Laboratório de Inovação da Enap. Psicóloga, mestre em gestão de pessoas e organizações e doutoranda em administração pública. Como integrante da carreira de especialista em políticas públicas e gestão governamental desde 2004, tem se dedicado às temáticas de gestão de pessoas e inovação no setor público como objeto de trabalho, pesquisa e produção de conhecimento.

 

Apresentação:

Ana Ferrari é subcontroladora de Governança e Compliance da CGDF, graduada em Direito, pós-graduada em Ciências Criminais e em formação de professores para a educação superior jurídica, com MBA em Gestão e Planejamento de Escritório de Advocacia e em Compliance e Gestão de Riscos com ênfase em Governança e Inovação (Instituto Polis Civitas).

 

16h30 – INOVA CONTROLE – Bel, a chatbot de Minas Gerais que usa Whatsapp para atender demandas de ouvidoria

Falando em facilitar a vida do cidadão, quase todo mundo hoje em dia usa Whatsapp, certo? Então porque a Bel não usaria? É isso aí. A Ouvidoria-Geral de Minas Gerais usa a ferramenta para fazer o primeiro atendimento ao cidadão, direcionando-o melhor e facilitando ainda mais o acesso, e tudo isso automatizado com a simpática Bel, a chatbot que faz tudo isso ser possível.


Gabriela Câmara Siqueira é ouvidora-geral Adjunta do Estado de Minas Gerais, graduada em Administração Pública e em psicologia, pós-graduada em Direito Público, ex-pesquisadora sobre Marketing Político e Comportamento Eleitoral e Mestre em Ciências Políticas pela UFMG.

 

17h às 18h – Coquetel para presentes

 

21 de junho

 

2º DIA

 

13h – Credenciamento para participação presencial com exposição na entrada

 

14h – Painel 1 – A urgência de uma correição digital e integrada

 

Painelistas:

 

Bruno Mendes Dias é graduado em Direito, gestor de Finanças e Controle e superintendente de Correição Administrativa da Controladoria-Geral de Goiás. Também atuou como coordenador da Identificação Preventiva de Riscos em Procedimentos da Gerência de Prevenção à Corrupção, Transparência e Controle Social na Superintendência Central de Transparência Pública da CGGO.

 

Gilberto Waller é o atual corregedor-geral da União da Controladoria-Geral da União (CGU). Graduado em Direito, ocupa o cargo de procurador federal e atuou como ouvidor-geral da União e corregedor setorial do ministério da Fazenda, do ministério dos Transportes e da Integração Nacional. Foi subprocurador geral, corregedor geral e auditor geral substituto no INSS.

 

Mediadora:

Ismara Roza é graduada em Direito e Letras-Português, especialista em Educação transformadora, policial da Polícia Rodoviária Federal e exerce atualmente o cargo de subcontroladora de Correição Administrativa da CGDF.

 

15h35 às 15h45 – Intervalo

 

15h50 – Painel 2 – O uso da tecnologia e da inovação para democratizar o acesso à informação

 

Painelistas:

 

Adriano Belisário é graduado em Jornalismo, coordenador da Escola de Dados da Open Knowkedge Brazil e pesquisador associado no Medialab/UFRJ. Há mais de 10 anos, pesquisa e desenvolve projetos na área de tecnologias abertas e mídia. Atua com jornalismo investigativo baseado em dados, tendo colaborado com veículos como a Agência Pública e o The Intercept Brasil.

 

Rejane Vaz é subcontroladora de Transparência e Controle Social da CGDF, graduada em psicologia e pós-graduada em Gestão Pública. Atuou também na Ouvidoria-Geral do DF e coordenou a gestão do Portal de Transparência e o monitoramento da LAI e da política de Dados Abertos no DF. Atualmente compõe o Conselho de Transparência e Controle Social do DF.

 

Mediação:

Paulo Wanderson Martins é graduado em Direito, Ciências Contábeis e Gestão Financeira, mestrando em Direito e Políticas Públicas e graduando em Economia. Auditor Federal de carreira do TCU e atual controlador-geral do DF. Também é vice-presidente do Conselho Fiscal da Biotic (Parque Tecnológico de Brasília).

 

17h20 – INOVA CONTROLE – O sucesso da inovação vem antes de colocar a mão na massa: a experiência de construção do Conecta TCU

 

Alison Souza é formado em Direito e servidor do TCU desde 1998, onde chefiou o Serviço de Especificação de Sistemas Corporativos para o Controle Externo, responsável pelo planejamento, concepção e implantação de soluções de TI para a área fim do TCU.

 

17h50 – Encerramento

 

Dia 22 de junho

 

3º DIA

 

13h – Credenciamento para participação presencial com exposição na entrada

 

14h – Painel 3 – Três linhas de controle em favor da inovação no serviço público

 

Francisco Bessa é chefe da Assessoria Especial de Controle Interno no Ministério da Economia, auditor da Controladoria-Geral da União, bacharel em Ciências Econômicas e mestre em Controladoria. Atuou como Secretário Federal de Controle Interno da CGU e Assessor de Controle na Casa Civil e no MEC. É auditor certificado CGAP pelo IIA, pelo Programa Minerva em Economia pela George Washington University e pelo Programa Executivo de Competências para Liderança pela Universidade de Indiana.

 

Marcus Vinicius Braga é bacharel em Ciências Navais com habilitação em Administração-Escola Naval, licenciatura em pedagogia, mestrado em educação, doutorado em políticas públicas e estágio pós doutoral no Instituto de Saúde Coletiva. Foi auditor Federal de Finanças e Controle na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, Ministério Público Militar do RJ, Controladoria-Geral da União – RJ, Controladoria-Geral do Estado do RJ, Fundação Biblioteca Nacional do Ministério da Cultura e Agência Nacional de Saúde Suplementar.

 

Moderador:

Gustavo Lírio é subcontrolador de Controle Interno da CGDF, graduado em Engenharia Mecânica pela UFSC, onde também obteve o título de mestre em Engenharia Mecânica, na área de Análise e Projeto Mecânico. Ingressou no serviço público em junho de 2010, na carreira Auditoria de Controle Interno, e é certificado internacionalmente em Gestão de Riscos C31000.

 

15h35 às 15h45 – Intervalo

 

15h50 – Painel 4 – Para qual cidadão estamos pensando soluções tecnológicas e inovadoras?

 

Clarissa Jahns Schlabitz é graduada, tem mestrado e doutorado em Economia. Atualmente é diretora de estudos e pesquisas socioeconômicas da Codeplan e já foi analista de transporte na CNT e gerente de contas na Codeplan.

 

José Carlos dos Santos Bezerra é ouvidor da Secretaria DF Legal, formado em Agronomia e pós-graduado em Direito Tributário. Servidor de carreia em Auditoria de Atividades Urbanas com especialidade em fiscalização de atividades econômicas, ajudou a idealizar e implantar o setor de Atendimento ao Público e a Unidades de Análise de Recursos da Secretaria DF Legal.

 

Moderadora: 

Cecília Fonseca é ouvidora-geral do DF, gestora Pública da CGDF e formada em Comunicação Social com especialização em Comunicação Organizacional. Atua há mais de vinte anos na área de relacionamento com clientes/cidadãos, no setor público e privado, estando há dez na área de ouvidoria do Governo do Distrito Federal

 

17h20 – INOVA CONTROLE – Linguagem simples: a ponte entre o controle e o cidadão a partir do experimento no Ceará

 

Isabel Ferreira Lima é redatora e coordena o Programa Linguagem Simples Ceará, uma iniciativa do ÍRIS – Laboratório de Inovação e Dados do Governo do Ceará. É formada em Letras pela Universidade Federal do Ceará.

 

17h50 – Encerramento do evento

 

OBS: A programação poderá sofrer alterações

 

 

Governo do Distrito Federal