Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/08/21 às 15h17 - Atualizado em 24/09/21 às 14h10

CGDF institui Programa que combate corrupção e desvios éticos no serviço público

COMPARTILHAR

 

O programa de integridade é um documento que formaliza o compromisso da CGDF em aprimorar seus processos para reduzir oportunidades de fraudes e desvios de conduta

 

Nesta quinta-feira (19), a Controladoria-Geral do DF (CGDF) instituiu, por meio da Portaria nº 117, de 23 de julho de 2021, o Programa de Integridade da CGDF (Proint). O objetivo do Programa é disseminar e solidificar na instituição uma cultura ética, moral e de integridade. O documento formaliza o compromisso da CGDF em aprimorar seus processos para reduzir oportunidades de fraudes e desvios de conduta. Além disso, ele é composto por um plano de ação que capacitará os servidores da instituição, conscientizando o público interno sobre as políticas e procedimentos de integridade pública.

 

Mas, afinal, porque o Programa de Integridade é importante? O controlador-geral do DF, Paulo Martins, explica que é por meio do Programa de Integridade que os órgãos promovem a boa governança, a boa prática além de estabelecer, de fato, mecanismos e procedimentos internos de integridade. “É mais do que simplesmente olhar para a direção certa. É garantir que chegaremos lá, com servidores trabalhando para que melhoremos a cada dia nossa governança, e por meio do acompanhamento de resultados, que nos permitirá avaliar se nosso trabalho está gerando os frutos esperados. O que a CGDF quer é auxiliar os outros órgãos do Distrito Federal nessa mudança de cultura”, destaca o controlador do órgão atualmente responsável por fomentar no Governo do Distrito Federal a governança e o compliance.

 

O Proint também estabelece princípios, diretrizes e responsabilidades a serem observados e seguidos por todos os servidores, colaboradores e estagiários da CGDF em suas ações e atividades, nos objetivos estratégicos, nas políticas e nos projetos.

 

Em 2016, o órgão já havia criado o Programa de Integridade por meio da Portaria Interna 248/16. Agora, a subcontroladora de Governança e Compliance, Joyce de Oliveira, explica que houve a revisão dos riscos de integridade e a criação do plano de ação: “É dessa forma que vamos garantir que além da análise de contexto e o planejamento da ação, teremos prazos definidos para executar cada diretriz exigida do Programa. Não é uma tarefa fácil desenvolver um Programa de Integridade, por isso a CGDF está à disposição para auxiliar os órgãos nesta tarefa”.

 

O Programa de Integridade da CGDF pode ser acessado aqui.