Governo do Distrito Federal
21/03/22 às 12h37 - Atualizado em 11/05/22 às 18h43

Controladoria-Geral do DF apresenta novas funcionalidades do SAEWEB

 

 

O Sistema automatiza as rotinas e procedimentos dos processos referentes às ações de controle e correição do Distrito Federal

 

A Subcontroladoria de Controle Interno (SUBCI), unidade da Controladoria-Geral do DF, apresenta novas funcionalidades do Sistema de Gestão de Auditoria do Distrito Federal (SAEWEB) durante reunião na quinta-feira (17). O SAEWEB automatiza as rotinas e procedimentos dos processos referentes às ações de controle e correição do Distrito Federal, para desempenho das competências finalísticas da CGDF.

 

O controlador-geral do DF, Paulo Wanderson Martins, participou da abertura do evento e destacou a importância de investir na qualidade técnica dos sistemas para impactar diretamente no resultado das entregas: “O auditor precisa de autonomia nas suas atividades e essas novas funcionalidades trazem uma nova realidade para o dia a dia”. O controlador também parabenizou o trabalho realizado pelos auditores e falou da necessidade de se realizar melhorias constantemente. “Os relatórios da Controladoria-Geral têm um impacto na Administração Pública e, melhorias como essas apresentadas hoje, vão gerar resultados ainda mais efetivos e alinhados”, finalizou Paulo Wanderson Martins.

 

 

O subcontrolador de Controle Interno da CGDF, Gustavo Lírio, deu seguimento ao webinar e mostrou as novas funcionalidades do Sistema. Segundo Gustavo, a implementação dessas funcionalidades automatizam a consideração dos achados de todas as auditorias, feitas por todas as áreas da SUBCI, na avaliação das tomadas e prestações de contas anuais dos gestores do GDF, auxiliam os auditores na definição de procedimentos de verificação que sejam efetivos para levantar as informações necessárias para avaliar o objeto da ação de controle, permitem a emissão de novos documentos de uso interno e externo, a fim de permitir um maior controle de qualidade das auditorias e inspeções e permitem acessar telas e preencher campos com muito menos cliques.

 

 

“Isso aumenta a eficiência das auditorias de contas anuais, que é uma área especialmente assoberbada pelo volume de trabalho e traz um aumento de qualidade nas ações de controle em geral, além de tornar mais fácil e rápido o uso do sistema, o que significa um ganho de eficiência na realização das auditorias e inspeções, considerando que o sistema é usado do início ao fim dos trabalhos”, explicou Gustavo Lírio.

 

A entrega da nova versão do sistema faz parte de um pacote maior de melhorias nas auditorias e inspeções que contemplam também a revisão da Portaria nº 47/2017, que disciplina a execução das ações de controle pela CGDF, e a publicação de Procedimentos Operacionais Padrão – POPs das fases de planejamento e execução das auditorias e inspeções.

 

“Para além da evolução do sistema, o principal objetivo dessa iniciativa é melhorar ainda mais os serviços de auditoria e inspeções prestados pela CGDF ao GDF, a fim de que, cada vez mais, esses trabalhos possam agregar valor à operacionalização das diversas políticas públicas disponibilizadas à população do Distrito federal”, finalizou Gustavo.

Governo do Distrito Federal